3 dos principais custos na gest√£o de um hotel

By in
3 dos principais custos na gest√£o de um hotel

Como em todo o empreendimento, a¬†gest√£o de um hotel¬†envolve¬†custos¬†recorrentes. E para uma boa administra√ß√£o da rede hoteleira, √© preciso identificar quais s√£o os principais deles¬†e as op√ß√Ķes vi√°veis para redu√ß√£o e economia sem comprometer a excel√™ncia do servi√ßo e a rentabilidade do¬†neg√≥cio. Confira, a seguir,¬†algumas das principais fontes de custos operacionais na gest√£o de um hotel.

1. CUSTOS COM COLABORADORES E EQUIPE ESPECIALIZADA

Independentemente da categoria do hotel ou da rede hoteleira, o investimento em colaboradores e equipe especializada possui um impacto significativo no total de custos do negócio.

De acordo com dados, é recomendado manter o custo com colaboradores entre 30 e 35% do total de gastos. No entanto, uma série de custos envolvidos no processo da contratação, como a alta carga tributária e encargos sociais (que podem compor mais de 68% do custo) acabam tornando esse um dos principais desafios na gestão.

A busca por servi√ßos terceirizados, dependendo do segmento (limpeza, almoxarifado), pode ser uma solu√ß√£o mais econ√īmica no¬†longo prazo. √Č importante pesquisar e colocar na ponta do l√°pis o custo x benef√≠cio antes de tomar uma decis√£o.

Considerando tudo isso, √© importante implementar um sistema eficiente de administra√ß√£o da sua equipe de colaboradores.¬†Uma pesquisa¬†demonstrou que trabalhadores mais felizes produzem 12% a mais, enquanto aqueles que se sentem insatisfeitos geram gastos com demiss√£o que podem chegar a¬†R$ 900 bilh√Ķes por ano. Portanto, para reduzir custos e aumentar a produtividade, √© preciso investir em a√ß√Ķes que estimulem a motiva√ß√£o de seu pessoal e que reduza¬†o √≠ndice de rotatividade do seu hotel.

Outra a√ß√£o na gest√£o de um hotel¬†que pode ajudar a reduzir os custos operacionais com funcion√°rios √© incentivar pol√≠ticas de treinamento de diferentes fun√ß√Ķes. Dessa forma, voc√™ n√£o s√≥ reduz gastos, como capacita seus colaboradores, oferecendo-lhes oportunidades de desenvolvimento.

Na gestão de um hotel, um dos maiores custos com funcionários é em relação ao serviço de quarto, que pode compor cerca de 61,7% dos gastos. Para promover economia e eficiência nos processos, é preciso implementar uma lista de tarefas consistente e que mantenha todos os serviços do quarto em ordem.

2. CUSTOS COM MARKETING

Na gest√£o de um hotel ou rede hoteleira, esses custos precisam ganhar aten√ß√£o. De acordo com um estudo americano, os hot√©is¬†investem, em m√©dia, 7,4% de seu faturamento em a√ß√Ķes voltadas ao marketing e √†s vendas.

O gasto com a implementação de estratégias de marketing pode variar de acordo com o tipo de estabelecimento, mas existem algumas medidas que podem ser tomadas para a redução de custos.

Dentro do mix de marketing, um dos principais custos a serem analisados √© o chamado CAC, ou Custo de Aquisi√ß√£o do Cliente. Para descobrir quanto o seu neg√≥cio precisa investir para gerar um novo h√≥spede interessado em desfrutar dos servi√ßos de seu hotel, √© preciso somar o valor de seus investimentos de marketing e dividi-lo pelo n√ļmero de clientes conquistados em um per√≠odo determinado. Dessa forma, pode-se ter um controle maior sobre os custos e suspender a√ß√Ķes e canais que n√£o est√£o dando o retorno esperado, mas geram gastos desnecess√°rios para a gest√£o de um hotel.

Diversificar sua estrat√©gia de marketing tamb√©m √© importante. Promo√ß√Ķes em redes sociais, campanhas via e-mail, divulga√ß√£o em OTAs (Online Travel Agency ‚Äď Ag√™ncias de Viagem Online): tudo deve ser analisado minuciosamente para que os custos correspondam aos resultados esperados pela estrat√©gia de marketing de seu hotel.

3. CUSTOS COM ENERGIA

A notícia do aumento e reajuste recente do valor das contas de luz estabelecido pela Aneel (estimativa de 7,17%) mostra que, mais do que nunca, é preciso investir em políticas sustentáveis para economia de energia.

De acordo com dados, os custos de energia representam 6% dos operacionais gerais de gestão de um hotel. Portanto, implementar medidas sustentáveis pode afetar significantemente no consumo de energia de sua rede hoteleira.

Al√©m disso, essas s√£o a√ß√Ķes que podem tornar seu empreendimento uma importante refer√™ncia para um p√ļblico que valoriza e se preocupa com esse tipo de pr√°tica (o brasileiro ocupa o terceiro lugar no ranking mundial, segundo pesquisa).

Uma medida que pode ser adotada para a economia de energia √© a ado√ß√£o de¬†solu√ß√Ķes de aquecimento de √°gua, como a da¬†Fasterm, que, com bombas de calor, oferecem um custo at√© 50% menor em rela√ß√£o ao aquecimento a g√°s, comumente utilizado pelos hot√©is.

CONCLUSÃO

Neste momento, em que o país vive a pior recessão de sua história, há instabilidade e alta competitividade, é fundamental que a rede hoteleira mantenha uma gestão de custos otimizada, avaliando quais gastos podem ser reduzidos ou suprimidos sem acarretar em queda na qualidade do serviço do hotel.

Como vimos, é possível diminuir gastos e ainda melhorar a gestão de seu negócio criando diferenciais para seus clientes e tornando o clima interno mais favorável ao engajamento e à produtividade de seus funcionários.

Fonte: https://www.fasterm.com.br/blog/3-principais-custos-na-gestao-de-um-hotel/