Dicas para Criar o Card√°pio da Sua Cafeteria

By in
Dicas para Criar o Card√°pio da Sua Cafeteria

Criar card√°pios de restaurantes de alta classe e gastronomia √© algo complexo ‚Äď sabores precisam combinar e possuir uma associa√ß√£o, ingredientes precisam ser combinados e organizados, pensando n√£o apenas em sabor e apresenta√ß√£o, mas tamb√©m em estoques e compras.¬†Contudo, n√£o √© apenas em restaurantes que um bom card√°pio pode fazer a diferen√ßa: o¬†card√°pio de cafeteria, por exemplo, tamb√©m √© crucial para que voc√™ tenha um¬†neg√≥cio de sucesso.

Montar um cardápio de cafeteria é bem diferente de montar um cardápio de restaurante, mas, com algumas pequenas dicas, você irá elevar as vendas daquilo que realmente importa (ou seja, o que dá lucro) e deixar de lado coisas que colocamos e incluímos em cardápios, mas que geram prejuízos e até mesmo problemas com clientes em alguns casos. Confira as dicas abaixo:

CARD√ĀPIO DE CAFETERIA REDUZIDO

Muita gente não resiste: quando abre seu próprio negócio, começa a incluir no cardápio de cafeteria tudo aquilo que acha possível, ideias que vêm com o tempo, coisas que encontra em concorrentes… depois de alguns poucos meses, o cliente precisa de horas apenas para ler o cardápio inteiro. A regra é bastante simples: enxugue. E quanto tiver reduzido o tamanho do cardápio e cortado metade dos itens, pare, analise e enxugue novamente.

Uma cafeteria √©, sobretudo, um lugar de passagem. Pessoas param em cafeterias ap√≥s o almo√ßo, durante a manh√£, antes de entrar para o trabalho, ou na sa√≠da, no caminho para casa. √Ä priori, as pessoas sentam para tomar um caf√© e conversar: √© nessa hora que um card√°pio objetivo pode funcionar melhor.¬†Se o cliente tem muitas op√ß√Ķes ou o card√°pio de cafeteria √© excessivamente complexo, ele fatalmente ficar√° apenas no caf√©. Contudo, se ele imediatamente consegue encontrar aquilo que quer: um p√£o-de-queijo, um salgado, um caf√© mais sofisticado, acaba pedindo mais.

Em cafeterias, menos itens significam facilidade e conveni√™ncia ‚Äď o cliente encontra o que quer no momento em que sente o impulso de comer ou beber algo mais elaborado. Al√©m disso,¬†card√°pios mais simples exigem menos estoques ‚Äď e estoques excessivos podem ser a ru√≠na de qualquer neg√≥cio na √°rea de alimenta√ß√£o.

LOCALIZAÇÃO E PÚBLICO

Entender os arredores de onde voc√™ instalou sua cafeteria, bem como o p√ļblico que voc√™ espera que a frequente, √© algo essencial para montar um bom card√°pio e, √© claro, vender mais.¬†O¬†card√°pio de cafeteria¬†precisa atender √†s necessidades, desejos e costumes do p√ļblico que ir√° consumir seus itens.

Por exemplo, se sua cafeteria est√° localizada em um bairro onde fam√≠lias frequentam o com√©rcio local, √© sempre bom dispor de algumas op√ß√Ķes para crian√ßas. Por√ß√Ķes menores, chocolates, docinhos e coisas que os pais podem pedir para seus filhos enquanto saboreiam seu caf√© e conversam.

Por outro lado, se sua cafeteria est√° mais pr√≥xima de escrit√≥rios de alto padr√£o, √© preciso dispor de um menu mais elaborado de caf√©s. V√°rios tipos, gr√£os, sabores e variedades aromatizadas.¬†Executivos e funcion√°rios podem fazer de sua loja um ponto de encontro ou at√© um local para reuni√Ķes mais reservadas, e nesse caso a qualidade e a variedade de caf√©s geralmente possui um peso maior.

H√° outros tipos de p√ļblico, mas o importante mesmo √© ouvir seus pedidos e variar o card√°pio conforme voc√™ ‚Äúaprende‚ÄĚ sobre as maneiras e costumes dessas pessoas.

CONCORRÊNCIA

Seus pre√ßos n√£o precisam ser mais baratos ou mais caros do que os praticados por seus concorrentes, necessariamente. Lugares que possuem qualidade e diversifica√ß√£o podem cobrar mais caro e quem vende ‚Äúcommodity‚ÄĚ tende a cobrar mais barato. Contudo, pense seu¬†card√°pio de cafeteria¬†de modo que os pre√ßos estejam, em m√©dia, em patamares similares aos praticados pelos concorrentes mais pr√≥ximos.

A percep√ß√£o do p√ļblico a respeito de pre√ßos se d√° por experi√™ncias em com√©rcios pr√≥ximos. Por exemplo, um caf√© em um hotel cinco estrelas pode custar R$ 10,00, por√©m, tais pre√ßos s√£o inexequ√≠veis em uma loja pr√≥xima a uma rodovi√°ria. Mais do que o tipo de p√ļblico envolvido, a quest√£o √© o que as pessoas esperam encontrar em termos de pre√ßos ‚Äď a refer√™ncia sempre ser√° a de com√©rcios e lojas similares ou pr√≥ximas √† sua.

Aproveite e, al√©m de sondar pre√ßos praticados nos seus principais concorrentes, cafeterias ou n√£o, sonde tamb√©m o card√°pio ‚Äď o que eles servem e se o p√ļblico realmente consome aquilo que eles est√£o oferecendo.

EM SEU CARD√ĀPIO DE CAFETERIA, OFERE√áA O QUE D√Ā LUCRO

Bem, tudo isso √© essencial na hora de organizar um bom¬†card√°pio de¬†cafeteria: p√ļblico, localiza√ß√£o, pre√ßos, concorr√™ncia‚Ķ¬†mas o ponto mais importante de todos √© aquele que mexe diretamente com seu bolso. Tudo o que voc√™ oferece precisa dar lucro!

Cada produto dentro de seu card√°pio precisa gerar lucros, pelo menos em termos ‚Äúbrutos‚ÄĚ. Claro, alguns itens podem ser eventualmente oferecidos com isca ou promo√ß√£o, para atrair a clientela ou introduzir linhas de produtos novas, mas isso √© marketing.

Marketing √© despesa, e voc√™ espera algum retorno a partir dele. O restante do¬†card√°pio para cafeteria¬†tem que gerar lucros ‚Äď e n√£o s√≥ faturamento. O maior problema que aflige pequenos empres√°rios em cafeterias e com√©rcios similares √© a quest√£o da receita versus lucros. Faturar alto n√£o significa lucrar.¬†Por mais que voc√™ esteja vendendo bem, se alguns de seus produtos n√£o ‚Äúse pagam‚ÄĚ, o mais prov√°vel √© que voc√™ acumule preju√≠zos imensos com o passar do tempo.

Garanta que todos os produtos e itens oferecidos gerem lucros individuais. Veja o quanto você está pagando por eles, quanto paga de impostos sobre sua venda, desconte os 10% de funcionários e chegue assim, pelo menos, ao lucro bruto que aquele produto irá gerar. Depois disso você ainda terá de incluir as despesas fixas do estabelecimento e a folha de pagamento, por isso trabalhe com margens brutas consideráveis em cada produto, garantindo um lucro final razoável.

http://ecomanda.com.br/blog/saiba-como-criar-um-cardapio-de-cafeteria